Tags:        3 -    Comentários

Milhares de pessoas visitam Santiago de Compostela todo ano, atraídas pelo caminho até a tumba do apóstolo Tiago e a bela catedral construída no século XI sobre sua sepultura. Situada na região da Galícia, Espanha, a cidade é um dos três destinos mais procurados para o turismo religioso, depois de Roma e Jerusalém.

Reza a história da Igreja Católica que Tiago escolheu a península ibérica para pregar os ensinamentos de Jesus após a crucificação. De volta à Palestina, foi decapitado, e seu corpo jogado para fora de Jerusalém. Dois discípulos recolheram os despojos e os enterraram em Iria, na costa espanhola. Oito séculos depois, o sepulcro foi descoberto por um ermitão e levado à Compostela.

O dia de São Tiago é comemorado em 25 de julho, época em que a cidade recebe o maior número de peregrinos. Quando a data cai num domingo, celebra-se o Ano Santo, elevando significativamente a movimentação de visitantes. Para se ter uma ideia, no último Ano Santo, celebrado em 2010, a Galícia recebeu 9 milhões de turistas. Só Santiago de Compostela acolheu 270 mil peregrinos – o triplo do seu número de habitantes.

O Ano Santo é particularmente especial para os católicos porque oferece a indulgência dos pecados. Quem seguir o ritual de assistir à missa na catedral, confessar, comungar, rezar para o Papa, abraçar a imagem de São Tiago e visitar o seu túmulo estará totalmente perdoado. O próximo Ano Santo será em 2021.

Já a tradição de percorrer o Caminho de Santiago começou no século IX, quando os despojos do apóstolo foram descobertos. Em torno da tradição gira uma mística: a caminhada leva à meditação, as dificuldades conduzem à humildade e à solidariedade, e a experiência toda remete à espiritualidade, como ilustram as obras literárias e os depoimentos dos caminhantes.

A principal rota é o Caminho Francês. Começando em Saint Jean de Pied de Port e se estendendo por cerca de 800 km até o destino final, o percurso exige, ao menos, um mês de caminhada. O Caminho Português, por sua vez, parte geralmente de Lisboa (600 km) ou da cidade do Porto (240 km). Para receber o certificado da peregrinação – a compostela –, é preciso percorrer no mínimo 100 km a pé ou a cavalo ou 200 km de bicicleta. A comprovação é feita pela credencial do peregrino, que deve ser carimbada em albergues, pousadas e lanchonetes do trajeto.

O administrador de empresas Rubens Bürgel percorreu o Caminho Francês de bicicleta em 2007. “Esses lugares místico-religiosos sempre me chamaram a atenção. Aliei a minha fé ao gosto por passeios ciclísticos, juntei os amigos dispostos a encarar a aventura e pedalamos pela Europa, cruzando todo o Norte da Espanha, durante 15 dias. A viagem foi tão perfeita e gratificante que foi fácil aventurar-me de novo, em 2010, desta vez pelo Caminho Português”, conta ele, que mantém um blog sobre o tema.

A jornada geralmente termina na tradicional Missa dos Peregrinos na Catedral de Santiago, ao meio-dia. Considerado patrimônio da humanidade, o templo é admirado por sua beleza e por um ritual singular: o botafumeiro. Diz a lenda, que o ritual foi criado na Idade Média, quando os peregrinos chegavam à catedral em precárias condições de higiene. Trata-se do maior incensário do mundo (com mais de 60 quilos, e 1,60 de altura) que ao final de determinadas celebrações eucarísticas percorre em movimento pendular a nave lateral do Altar Maior da Catedral.

“Santiago é linda e aconchegante, com suas ruas estreitas e prédios centenários. Impressiona por viver em torno da fé, da catedral e do caminho. Por ser uma cidade universitária, une centenas de jovens aos turistas e peregrinos. Coloque toda essa gente desestressada, caminhando num centro com ar medieval, lotado de bares e restaurantes charmosos, e está feito o clima que deixa saudades em qualquer um que tenha passado por ali”, descreve Bürgel, que planeja voltar à cidade em 2013.

Se você gostou do texto, veja também:

Caminhada sagrada http://abiliodiniz.uol.com.br/qualidade-de-vida/caminhada-sagrada.htm

Jornada espiritual http://abiliodiniz.uol.com.br/qualidade-de-vida/jornada-espiritual.htm

Busca da espiritualidade http://abiliodiniz.uol.com.br/qualidade-de-vida/busca-da-espiritualidade.htm

3 Comentários
  • Gilson Damasio

    25 de julho de 2012 às 12:21

    … me vem lagrimas de uma emoção que permaneçe guardada por todos os dias desde que finalizei o Caminho e que iniciei a minha vida real… todos os dias da minha nova vida eu me conecto a Santiafo, agora faz parte do meu respirar, do meu amar, do meu respeitar e do meu acreditar…

  • 29 de julho de 2012 às 23:36

    Parabéns pelo Blog e pela variedade nos assuntos. Esportes e aventuras são o combustível da nossa vida que mantém corpo e espírito sempre na flor da idade… é bom ver que tem gente divulgando e incentivando sua prática! Abraços

  • 6 de junho de 2013 às 17:01

    Após exatos três anos, me sinto ainda muito envolvido com a beleza, a simplicidade e o amor encontrados no Caminho de Santiago. Mais do que o caminhar, o encontrar outros e a si mesmo, deixam marcas indeléveis em nossas vidas. Obrigado por trazer tão boas lembranças à minha mente…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

footer logo

Conheça o outro lado do empresário de sucesso. Aqui ele compartilha dicas de empreendedorismo e vida em equilíbrio para você encontrar a sua felicidade.


Buscar no site