• pt-br
  • en
  • fr

    Tags:       

Com certeza você já deve ter ouvido as seguintes frases: “não crie expectativas”, “não espere nada de ninguém” ou “devemos dar ao outro sem querer nada em troca”. Mas será que na prática isso está correto? Como devemos agir exatamente? E, mais importante que tudo isso, como seguir um caminho que nos faça bem?

Abaixo, vou falar sobre dois grandes temas que exigem flexibilidade para evitar frustrações: relacionamento e metas.

Relacionamentos

Como não criar expectativas sobre o outro? Como eu expliquei até agora no artigo, isso não significa não esperar nada de ninguém, mas sim saber lidar com a realidade que o outro oferece. E também, se for preciso, saber ensinar as pessoas a nossa volta a como atender nossas vontades. Isso tudo sem precisar impor, brigar, reclamar ou cobrar. Existem muitas formas de comunicação e isso pode fazer diferença no contato social.

Metas

Esperar algo, ter um sonho, desejos, objetivos e estabelecer metas não pode ser confundido com expectativa. Definir metas para nós mesmos é maravilhoso. Quando queremos alcançar algo devemos não apenas sonhar, mas fazer acontecer. E isso é composto pelo modelo ‘ação, resultado, avaliação do resultado e ou seguir com o plano inicial ou reorganizar a rota’.

Na dinâmica da expectativa, quando se faz algo se espera um resultado único, sem muitas alternativas e adaptações necessárias. No modelo acima, o resultado é avaliado por etapas. E, desta maneira, costuma-se evitar uma frustração.

Vamos a um exemplo prático: você deseja comprar um carro, faz as contas e precisa juntar R$800 por mês durante 3 anos. Para isso, você pode criar muitos meios interessantes e motivacionais para que sua vontade se torne realidade. Veja a dinâmica abaixo.

  1. Ter um carro é a meta, o sonho, objetivo e desejo;
  2. Juntar 800 reais por mês é parte do planejamento;
  3. Avalie primeiro se esse valor é compatível com seu orçamento e a sua realidade no momento;
  4. Avalie a cada mês se a estratégia criada está avançando, se esse valor está adequado para seguir;
  5. Se em um mês deu certo, mas no outro não é preciso rever a estratégia e ação.

Compreendendo melhor o item 5: nem tudo sai como o planejado sempre e de nada adianta a frustação ou expectativa. Melhor que o desejo em si, é a capacidade de observação da realidade como ela é e como pode ser possível uma adaptação e ação de sucesso ao momento presente. Expectativa é muito mais uma ilusão, uma fantasia do que uma percepção correta da realidade. Portanto, ações efetivas de mudança são úteis sempre que for preciso.

Então, sonhe alto com força e determinação, mas também mantenha os pés no chão. A cada dia, a cada etapa esteja pronto para avaliar resultados e lembre-se: manter ou mudar a direção se for preciso para ter o resultado desejado é perfeitamente normal.

Essas são algumas ideias básicas para que você possa investir no seu crescimento pessoal. Quanto mais centrado você estiver no processo, menos frustração terá. Nossa maturidade aumenta quando somos capazes de vivenciar a vida com ela é e criar novas e melhores formas de mudanças para um novo futuro.

Adriana de Araújo é Psicóloga, Coach e palestrante. Para mais informações, acesse: www.adrianadearaujo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

footer logo

Conheça o outro lado do empresário de sucesso. Aqui ele compartilha dicas de empreendedorismo e vida em equilíbrio para você encontrar a sua felicidade.


BUSCAR NO SITE