• pt-br
  • en
  • fr

    Tags:             

No último dia 14 comemorou-se o dia Mundial do Combate do Diabetes Mellitus. Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia estima-se que no Brasil haja cerca de 12 milhões de pacientes com diabetes, sendo considerada a 5º maior causa de morte no Brasil.

Existem basicamente três tipos de Diabetes sendo eles: o Diabetes Mellitus tipo I (DM I), Diabetes Mellitus tipo II (DM II) e o Diabetes Mellitus gestacional. Esta doença crônico-degenerativa está relacionada com menor síntese, e em alguns casos, ação de um hormônio chamado insulina, essencial para o controle dos níveis de “açúcar” no sangue.

Por etiologia, o DM tipo I pode estar associado a fatores genéticos e imunológicos. Estes pacientes, quando não diagnosticados, apresentam sintomas como excesso de urina, sede e redução de peso. Já a etiologia do DM tipo II é multifatorial, no entanto, o excesso de peso é um potencial fator de risco. Estes pacientes muitas vezes são assintomáticos, mas podem apresentar sintomas como a presença de manchas em tons mais escuros da pele, em regiões como pescoço e axilas. Estas manchas são chamadas de Acanthosis nigricans.

Bem, talvez vocês estejam se questionando como podemos auxiliar estes pacientes no controle do quadro de diabetes. E eu digo que muito pode ser feito, basta pensarmos que esta doença está relacionada ao inadequado metabolismo de açúcares, excesso de peso, entre outros aspectos.

O controle qualitativo e quantitativo de carboidratos é essencial tanto para gerenciamento de peso, quando necessário, quanto para controle do “açúcar” no sangue e dose de hormônio utilizada. Assim, carboidratos integrais como arroz integral, quinoa, pães 100% integrais e farelo de aveia, são muito bem-vindos pelo teor de fibras e vitaminas do complexo B. Além disto, quanto menor o consumo de doces ricos em açúcares melhor será para o controle desta doença.

Entre os tubérculos, destaco uma batata conhecida como Yakon. Além do baixo teor de açúcar, esta batata é rica em fibras conhecidas como pré-bióticas que atuam na manutenção da flora intestinal adequada.

Frutas não são aconselhadas para diabéticos? São sim, basta saber consumi-las. Ou seja, preferir frutas com menor teor de açúcar como: pequi, abacate, polpa de coco, morangos, amoras, maçãs, cerejas e além disso controlar a quantidade destas já ajuda muito. Outro aspecto é evitar sucos, pois em geral possuem uma carga de açúcar elevada. Mas Ana eu adoro sucos, e aí? Bem neste caso, o que podemos fazer é usar uma porção da fruta e misturar vegetais a esta preparação, como couve ou fontes de gorduras boas, tais como oleaginosas e polpa de coco (aquela parte branca da fruta que todo mundo descarta).

Fontes de gorduras boas devem ser inseridas na dieta. Assim, oleaginosas (castanha do pará, amêndoas, avelã, entre outras), abacate e azeite de oliva extra virgem não podem faltar neste cardápio pois, além de ricos em “gorduras boas” ômega 9, também são ricos em minerais como potássio, cobre, cálcio, zinco. Os peixes devem compor o cardápio por serem fontes de ômega 3, uma excelente opção que é acessível a todos é a sardinha.

Alimentos que são fontes de ácido alfa lipóico, espinafre cozido e magnésio, couve manteiga, devem ser inseridos na dieta sem dúvidas, pois são essenciais para manutenção do metabolismo de “açúcar”.

E para finalizar não podemos deixar de ressaltar os benefícios da canela e do açafrão da terra para prevenção e controle do Diabetes melito.

Além disto, condutas como, atividade física regular, não beber, não fumar, manter um peso ideal e combinar os alimentos em uma refeição, de forma adequada são essenciais para controle e tratamento do Diabetes melito. Procure um profissional capacitado para uma adequada orientação. A Nutrição pode fazer muito por você!

Dra Ana Poletto é nutricionista clínica e Doutora em Fisiologia Humana pela Universidade de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

footer logo

Conheça o outro lado do empresário de sucesso. Aqui ele compartilha dicas de empreendedorismo e vida em equilíbrio para você encontrar a sua felicidade.


BUSCAR NO SITE