• pt-br
  • en
  • fr

    Tags:             

Finalmente chegou o final do ano e, com ele, muitas comemorações. Mas fique atento: estas festas não podem ser sinônimo de aumento de peso. É preciso ter consciência alimentar, ou seja, fazer boas escolhas e comer com moderação aquilo que sabemos não ser tão saudável.

As boas escolhas alimentares podem ser feitas desde o aperitivo até à sobremesa. E acredito que entender os benefícios que os alimentos nos trazem ajuda na hora de tomar decisões adequadas.

Costumo dizer que realizar perguntas para si mesmo ajuda muito. Pense: Por que eu quero comer? Estou com fome ou apenas apetite? Quando você está em frente a uma mesa cheia de opções é muito importante você escolher os alimentos que colaboram para a sua saúde e bem-estar. Isto não significa apenas ficar magra (o), mas sim pensar que estes nutrientes te trazem benefícios metabólicos e sistêmicos.

Em uma mesa farta de aperitivos opte por oleaginosas sem sal, como castanha do pará, avelãs, amêndoas, nozes, noz pecã, castanha de barú, castanha de caju e pistache, que são excelentes fontes de nutrientes antioxidantes, como cobre e selênio, além de fontes de “gorduras boas”, como ômega 9. Porém, cabe ressaltar que, embora estes alimentos sejam saudáveis, em excesso podem favorecer o aumento de peso, pois são gorduras. Sendo assim, consuma-os com moderação.

Como entrada, prefira uma salada variada, ou seja, bem colorida. Não deixe de inserir vegetais, como brócolis, rúcula, agrião e repolho, que são riquíssimos em substâncias que ajudam na “limpeza” do nosso organismo. Cenoura e beterraba são muito bem-vindas, uma por ser rica em uma substância que é antioxidante e precursora de vitamina A, e outra por ser fonte de nitrato, importante para a saúde de nossos vasos sanguíneos. Regue sua salada com azeite de oliva extra virgem riquíssimo em substâncias antioxidantes e “gorduras boas”. Os benefícios deste alimento para proteção cardiovascular são muito descritos na literatura.

Na hora de escolher as carnes prefira as brancas como o peru, frango e peixe devido ao menor conteúdo de “gorduras ruins”. Um importante detalhe é a retirada da pele das aves antes do início da preparação.

Para acompanhar prefira os cereais integrais ricos em vitaminas do complexo B, como arroz integral e quinoa, ou tubérculos como batata, mandioca, mandioquinha, batata doce.

Quanto às sobremesas opte pelas frutas ou preparações feitas com frutas devido ao baixo teor calórico e ao rico conteúdo de água, vitaminas, minerais e fibras.

Drink sem álcool deve ser a prioridade, assim como o consumo de sucos e água. Mas se não for possível substituir prefira, com moderação, bebidas com menor teor calórico como saquê, vinho, cerveja a destilados como vodka e uísque, e não se esqueça da hidratação com água.

Ter atenção ao que escolhemos para nos alimentar é fundamental, principalmente quando pensamos em saúde e longevidade. Então, passe o período de festas com alegrias e leveza, fazendo opções corretas, inclusive as alimentares.

Desejo a todos um excelente final de ano.

Dra Ana Poletto é nutricionista clínica e Doutora em Fisiologia Humana pela Universidade de São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

footer logo

Conheça o outro lado do empresário de sucesso. Aqui ele compartilha dicas de empreendedorismo e vida em equilíbrio para você encontrar a sua felicidade.


BUSCAR NO SITE