• pt-br
  • en
  • fr

   Tags:             -   

A recessão vem afetando a saúde de muitas empresas. Com isso, estas se tornam mais vulneráveis ao negativismo, causado pela pressão do mercado – que inclui situações estressantes como o medo do desemprego e a ameaça de falência.  Essa turbulência negativa é prejudicial à performance dos profissionais e vai na contramão do florescimento organizacional.

Mais do que nunca, existe uma urgência em transformar negatividade em positividade. Em transformar baixa produtividade em alta performance. Em transformar medo em florescimento. É aí que entra o líder positivo.

O líder positivo investe naquilo que eleva a performance de profissionais e empresas, além de meramente agir como delegador de tarefas. Tem foco naquilo que funciona, em vez de preocupar-se apenas com o que não funciona. Empenha-se em gerar vitalidade, não apenas em resolver o que é problemático e exaustivo. Busca o que é extraordinário, além do que é meramente eficaz.  Ele busca inspirar-se sempre, além de inspirar seu time, por mais árduo que o caminho possa ser. O líder positivo é guiado pela positividade para fazer a empresa florescer.

Isso significa ignorar obstáculos e aspectos negativos? Jamais. O segredo é contrabalançá-los com elementos positivos. Caso contrário, as tendências negativas irão ganhar cada vez mais espaço na organização, afetando diretamente o clima organizacional. E, como alerta Kim Cameron, um dos fundadores do Center for Positive Organizational Scholarship, um ambiente no qual experiências emocionais positivas superam as negativas é um prerrequisito para uma organização saudável.

O líder positivo proporciona inúmeras vantagens competitivas e sustentáveis para a organização. Quando um líder é guiado por um processo de liderança positiva, que pode ser desenvolvida por meio do positive coaching, ele passa a superar suas próprias expectativas, atingindo a performance extraordinária.  Ele se transforma em alguém que propaga a positividade no ambiente organizacional, motivando e inspirando seus liderados. Ao estimular as características mais positivas de seus colaboradores, o líder positivo oferece às pessoas a oportunidade de darem o melhor de si. A positividade, nesse quesito, contribui para elevar os níveis de bem-estar e de satisfação com o trabalho, resultando, dessa forma, na retenção de talentos, na redução do turnover e do estresse corporativo, além de melhorias nos relacionamentos empresariais com base em confiança e respeito, gerando cooperação entre todos os colaboradores da organização. Juntos, todos unem-se para a empresa florescer – e assim a terra finalmente dá frutos (mesmo em tempos de seca).

Flora Victoria é presidente da SBCOACHING Training e diretora educacional do SBCOACHING Group. Mestre em psicologia positiva aplicada pela Universidade da Pensilvânia, é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país – seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo. Trainer com ampla experiência, já atuou na formação de mais de 25 mil coaches.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

footer logo

Conheça o outro lado do empresário de sucesso. Aqui ele compartilha dicas de empreendedorismo e vida em equilíbrio para você encontrar a sua felicidade.


BUSCAR NO SITE