• pt-br
  • en
  • fr

   Tags:         -  1 -   Comment

Stefânia Akel

“É o bom uso que se faz da sensibilidade em sintonia com a racionalidade”, resume a psicóloga, psicanalista e psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais Blenda de Oliveira. “Ser conduzido por fortes emoções ou por excesso de racionalidade compromete uma maior mobilidade e flexibilidade no dia a dia. Uma das qualidades da inteligência emocional é criar condições para que cada um possa se conhecer, olhar a realidade e os outros de forma mais ampla, mais empática e flexível.”

Se tal harmonia entre emocional e racional parece tão utópica quanto proveitosa no universo corporativo, deve-se levar em conta que essa atitude mais balanceada não deve “ser esquecida” no escritório quando você vai embora. Na verdade, o ideal é levá-la consigo para casa — bem como para os demais contextos da vida.

Oliveira diz que “a inteligência emocional é um desenvolvimento da personalidade”. “Não é uma técnica que se aprende. Depende da disponibilidade, principalmente, que cada um tem para se conhecer e modificar.”

“Hoje virou moda falar de inteligência emocional”, sentencia a psicóloga. “Há até cursos que prometem ‘ensiná-la’ em um fim de semana. Infelizmente, porém, isso requer tempo e disposição para exercitar, errar, voltar atrás… Aos poucos, vai se tornando parte da personalidade. Tudo o que diz respeito às emoções, no sentido das transformações, requer tempo, calma e reflexão.”

No dia a dia, longe do serviço e perto das pessoas mais queridas, familiares e amigos, a disposição para conhecer a si mesmo resulta numa postura mais atenta às necessidades dos demais e aos próprios limites, buscando equilibrar razão e emoção.

1 Comentário
  • Felipe Accioly

    15 de abril de 2016 às 11:21

    Excelente ponto de vista. Concordo plenamente com o que foi dito. É preciso acreditar em si mesmo e na sua mudança como ser humano, e partir daí o seu entorno passa a acompanhar o seu processo de transformação naturalmente. O seu equilíbrio emocional e espiritual passam a transformar o meio por você habitado, é uma ciência que parece ser exata. Mude, transforme o seu pensamento, e principalmente, se corrija. Com tais medidas incorporadas ao seu dia a dia, você se deparará com um ambiente de trabalho e familiar harmonizados. A “ORAÇÃO DE SÃO FRANCISCO” retrata com muita maestria e beleza todo esse processo. Parabéns ao escritor e ao entrevistado, ótimas considerações pessoais sobre a questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

footer logo

Conheça o outro lado do empresário de sucesso. Aqui ele compartilha dicas de empreendedorismo e vida em equilíbrio para você encontrar a sua felicidade.


BUSCAR NO SITE