• pt-br
  • en
  • fr

   Tags:     -   

Será que nós, pessoas comuns, conseguimos produzir os mesmos resultados dos grandes executivos de sucesso como Mark Zuckerberg e Steve Jobs? Seria possível alcançarmos o mesmo recorde de agilidade batido pelo velocista Usain Bolt na última olimpíada? E em relação à ciência, será que não podemos nos transformar em grandes nomes como Albert Einstein e Leonardo Da Vinci?

A resposta para estes questionamentos é mais simples do que parece. Para Charles Garfield, professor de Psicologia e Psiquiatria da Universidade da Califórnia, o que faz com que estes grandes realizadores cheguem ao patamar mais alto do sucesso são os “picos de performance”. Isto é, a habilidade que estes indivíduos possuem de exibir e sustentar o desempenho máximo de suas potencialidades por um prolongado período de tempo.

Esta aptidão específica, além de produzir excelentes resultados em diferentes áreas de suas vidas, faz com que cresçam e se tornem bem-sucedidos com muito mais rapidez e eficiência. Denominados peak performers, eles conseguem romper as suas próprias limitações internas, transformando-as em impulsionadores de desempenho que são, segundo pesquisas do instituto Spencer Lyle Research Awards, 148% superiores às pessoas que não apresentam estes mesmos “picos”.

Para alcançar esta incrível superioridade, na visão de Charles Garfield, os peak performers desenvolveram uma forma muito particular de ver, perceber e sentir as coisas que existem a sua volta. Ao longo de vinte anos de estudo aprofundado com este perfil de diferenciada capacidade produtiva, o especialista descobriu que existem princípios comuns que são compartilhados por todos eles e que os tornam, assim, tão especiais:

Missão motivadora

Uma missão motivadora é a fonte máxima para gerar “picos de performance”. Em todos os grandes realizadores, há um desejo que inspira a direção a ser seguida, que determina comportamentos e produz a vontade verdadeira de se destacar em tudo que fazem. Assim como um propósito de vida, a missão transforma os significados pessoais mais profundos em elementos tangíveis para que sejam buscados de forma efetiva pelo idealizador.

Resultados em tempo real

Com um propósito bem estabelecido, nestes indivíduos, há a busca constante por resultados. Para eles, todos os recursos disponíveis são utilizados para que atinjam seus objetivos da melhor forma possível. Eles não adiam as ações que precisam ser tomadas, focam nas tarefas consideradas primordiais, criam prioridades e impõem prazos realistas para que suas tarefas sejam concluídas dentro do prazo previsto.

Roteiro de sucesso

Ao usar a missão como direcionadora, os peak performers desenvolvem seu próprio mapa do sucesso, ou seja, um plano contendo ações e estratégias necessárias para atingir suas metas com mais eficácia e em menos tempo. Estes indivíduos, portanto, estão sempre redesenhando trajetos, encontrando atalhos e implementando novos meios para superar os desafios existentes em seu caminho.

Conexões inteligentes

Utilizando as relações interpessoais como “molas propulsoras” de desenvolvimento pessoal e profissional, peak performers valorizam o trabalho em equipe, pois acreditam que, juntas, as pessoas podem unir o que possuem de melhor para alcançar tudo que desejam.

Autogestão eficaz

A referência do grande realizador é ele mesmo. Como valorizam o que fazem e acreditam na importância do seu trabalho, estas pessoas buscam sempre superar os seus próprios limites, administrando suas emoções e comportamentos para ir cada vez mais longe.

Em essência, todas estas características podem ser aprendidas e desenvolvidas. Para que isto ocorra, primeiramente, basta que se descubra o que realmente encoraja o sentido existencial de cada indivíduo. É ao resgatar estes valores, desejos e aspirações mais profundos da personalidade que se torna possível direcionar um quantum energético diferenciado para transformar a vida ordinária em uma fábrica de gigantescas oportunidades.

Que tal começar hoje mesmo?

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching e presidente da SBCOACHING Training. Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania e master coach muito experiente, é especialista em Governança Corporativa, Gestão Empresarial e Comunicação e Marketing. Atua como diretora educacional no grupo SBCOACHING e é editora-chefe da Revista Científica Brasileira de Coaching.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

footer logo

Conheça o outro lado do empresário de sucesso. Aqui ele compartilha dicas de empreendedorismo e vida em equilíbrio para você encontrar a sua felicidade.


BUSCAR NO SITE